Reservas de ouro por País

Cotação Diária da Prata em €

Cotação Diária da Ouro em €

Contacte-nos

Rua de Santo André - Centro Comercial Parque da Cidade Loja L, 2º Piso 4560 - 221 Penafiel Telefone:+351 255 214 495 Email:info@elementum.pt
Telefone: +351 255 214 495 Email: info@elementum.pt

Plano para Conectar Redes de Energia Solar pode Aumentar a Demanda de Prata

  • Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Plano para Conectar Redes de Energia Solar pode Aumentar a Demanda de Prata

Plano para Conectar Redes de Energia Solar pode Aumentar a Demanda de Prata



Recentemente, a Austrália, França, Índia, EUA e Reino Unido anunciaram o lançamento da iniciativa “One Sun, One World, On-Grid” (On-Grid refere-se a sistemas fotovoltaicos conectados à rede), que tem o objetivo de conectar redes de energia solar além das fronteiras dos países. Este pode ser mais um fator de aumento de demanda por prata, além do setores de automóveis, eletrónicos e medicina.


A Índia apresentou pela primeira vez a ideia de conectar redes de energia solar durante a International Solar Alliance em 2018. O plano ajudaria a aliviar os problemas de confiabilidade na produção de energia solar, já que as usinas solares não produzem energia à noite e os dias nublados limitam a geração de eletricidade. Segundo o Indian Express, uma rede transnacional permitiria aos países obter energia solar de regiões onde é dia para atender às suas necessidades de energia, mesmo quando sua própria capacidade solar não está a gerar energia.


A energia solar atualmente representa cerca de 11% da demanda industrial de prata. No ano passado, a indústria consumiu 101 milhões de onças (Moz) do metal. Analistas da Heraeus disseram que a geração de energia solar deve estabelecer novos recordes neste ano e no próximo, e a demanda por prata aumentará para cerca de 140 Moz em 2022.


De acordo com o relatório publicado pelo Silver Institute em junho de 2020, a geração de energia solar deve praticamente dobrar até 2025.


A prata é o segundo componente mais caro dos painéis solares. Por isto, os fabricantes tentam limitar a quantidade de prata que usam (processo conhecido como thrifting). Os analistas da Hebreus, porém, afirmam que há limites para o thrifting:


“Embora se espere que o thrifting continue a reduzir o conteúdo de prata dos painéis solares, há um limite de quanto pode ser removido antes que as perdas de eficiência superem os benefícios de custo.”


A prata possui a resistência elétrica mais baixa entre todos os metais em temperaturas padrão. De acordo com um relatório do Saxo Bank no ano passado, “metais substitutos potenciais não podem se igualar à prata em termos de produção de energia por painel solar. Além disto, devido a obstáculos técnicos, os painéis solares que não usam prata tendem a ser menos confiáveis e têm uma vida útil mais curta, apresentando problemas sérios para seu amplo desenvolvimento comercial ”.


Em termos de oferta, a produção das mineradoras de prata sofreu uma queda de 5.9% em 2020, para 784.4 Moz. Embora esta grande queda tenha ocorrido principalmente devido ao fechamento de mineradoras durante a pandemia, 2020 foi o quarto ano consecutivo de queda da mineração de prata.



André Marques