Reservas de ouro por País

Cotação Diária da Prata em €

Cotação Diária da Ouro em €

Contacte-nos

Rua de Santo André - Centro Comercial Parque da Cidade Loja L, 2º Piso 4560 - 221 Penafiel Telefone:+351 255 214 495 Email:info@elementum.pt
Telefone: +351 255 214 495 Email: info@elementum.pt

Endividamento do Setor não Financeiro em Portugal Aumentou 500 Milhões de Euros em Novembro de 2021

  • Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Endividamento do Setor não Financeiro em Portugal Aumentou 500 Milhões de Euros em Novembro de 2021

Endividamento do Setor não Financeiro em Portugal Aumentou 500 Milhões de Euros em Novembro de 2021



O Banco de Portugal publicou dados sobre o endividamento do setor não financeiro em Portugal, que sofreu um aumento de 500 milhões de euros em novembro de 2021 em relação a outubro de 2021, atingindo 766.9 mil milhões de euros. O setor não financeiro engloba os setores institucionais das administrações públicas, empresas (sociedades não financeiras) e particulares (famílias e instituições sem fim lucrativo ao serviço das famílias).


O endividamento do setor público (administrações públicas e empresas públicas) sofreu uma diminuição de 500 milhões de euros, atingindo 344.9 mil milhões de euros. Isto resultou da diminuição do endividamento perante o exterior e os particulares (1.5 e 0.9 mil milhões de euros, respetivamente), que foi parcialmente compensada pelo aumento do endividamento junto aos restantes setores financiadores em 2 mil milhões de euros, particularmente junto ao setor financeiro (€1 mil milhão).


O endividamento do setor privado (empresas privadas e particulares) sofreu um aumento de €1 mil milhão, atingindo 422 mil milhões de euros. O endividamento das empresas privadas sofreu um aumento de 800 milhões de euros. Este crescimento deveu-se, sobretudo, ao financiamento obtido junto do exterior (600 milhões de euros). O endividamento dos particulares subiu 200 milhões de euros, resultado do aumento do endividamento em relação ao setor financeiro.


Figura 1 – Endividamento do Setor não Financeiro por Setor Devedor, em Milhões de Euros (2020-2021)


Fonte: Banco de Portugal.


Em novembro de 2021, o endividamento total das empresas privadas sofreu um aumento 2.6% em relação a novembro de 2020 e um aumento de 0.3% em relação a outubro de 2021.


Figura 2 – Taxa de Variação Anual do Endividamento das Empresas Privadas (2016-2021)


Fonte: Banco de Portugal.


Já o endividamento total dos particulares sofreu um aumento de 3.2% em novembro de 2021 (em relação a novembro de 2020) e um aumento de 0.11% em relação a outubro de 2021.


Figura 3 – Taxa de Variação Anual do Endividamento dos Particulares (2016-2021)


Fonte: Banco de Portugal.

 


André Marques