Reservas de ouro por País

Cotação Diária da Prata em €

Cotação Diária da Ouro em €

Contacte-nos

Rua de Santo André - Centro Comercial Parque da Cidade Loja L, 2º Piso 4560 - 221 Penafiel Telefone:+351 255 214 495 Email:info@elementum.pt
Telefone: +351 255 214 495 Email: info@elementum.pt

Demanda de Prata deve Exceder Mil Milhões de Onças em 2021

  • Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Demanda de Prata deve Exceder Mil Milhões de Onças em 2021

Demanda de Prata deve Exceder Mil Milhões de Onças em 2021



O recente relatório do Metals Focus, publicado pelo Silver Institute, apresenta alguns dados sobre a prata, estimando que a demanda global pelo metal deve atingir pouco mais de 1000 Moz (1 Moz = 1 milhão de onças) até o fim de 2021. O relatório também traz informações sobre as mineradoras, as fontes de demanda e oferta de prata, os fatores macroeconómicos que influenciam o preço do metal e uma projeção de aumento do preço da prata e do ouro em 2022.


O preço da prata aumentou em 2019 e 2020, oscilando entre US$ 21 e US$ 29 até o presente momento de 2021:


Figura 1 – Preço da Prata e do Ouro (2019-2021)


Preço da Prata (Linha Azul Clara, Eixo da Direita); Preço do Ouro (Linha Azul Escura, Eixo da Esquerda).

Fonte: Metals Focus.


Porém, tanto o ouro quanto a prata permaneceram abaixo do índice LMEX (London Metal Exchange Index), que inclui os preços dos metais cujos contratos de opções e futuros são listados na LME (London Metal Exchange).


Figura 2 – Performance do Ouro e da Prata em Relação ao Índice LMEX (JAN 2021-NOV 2021)


Prata (Linha Azul); Ouro (Linha Amarela); LMEX (Linha Vermelha).

Fonte: Metals Focus.


O rácio ouro/prata aumentou ao longo deste ano, após ter atingido a mínima em fevereiro (figura 3) e permanece acima da média de longo prazo (figura 4).


Figura 3 – Rácio Ouro/Prata (2020-2021)


Fonte: Metals Focus.


Figura 4 – Rácio Ouro/Prata (1990-2021)


Fonte: Metals Focus.

Linha Azul (Rácio Ouro/Prata); Linha Tracejada (Rácio Médio).


Os ETP’s (Exchange Traded Products) de prata aumentaram suas posições no metal início deste ano, permanecendo relativamente estável ao longo do ano (figura 5).


Os ETP’s buscam seguir o preço de certos ativos (como ações e instrumentos de renda fixa), commodities, índices ou de dívidas não garantidas (dívidas que cujos credores não possuem algo como colateral). O principal tipo de ETP’s são os ETF’s (Exchange Traded Funds), que buscam seguir o preço de uma commodity (como o SLV, que busca seguir o preço da prata), um índice, uma moeda, entre outros. Também há os ETN’s (Exchange Traded Notes), que incluem um determinado conjunto de dívidas não garantidas.


Figura 5 – ETF’s de Prata (Janeiro de 2021 - Novembro de 2021)


Posições dos ETF’s de Prata, em Moz (Área Azul, Eixo da Esquerda); Valor, em Mil Milhões de Dólares (Linha Vermelha, Eixo da Direita).

Fonte: Metals Focus.


De acordo com o Metals Focus, a extração das mineradoras de prata tem expectativa de um crescimento de 6% em 2021 (em relação a 2020), já que a maioria das mineradoras puderam operar às suas capacidades totais durante este ano. A extração do metal deve atingir 829.4 Moz, próximo ao nível de 2019:


Figura 6 – Extração das Mineradoras de Prata (2019-2021)


Fonte: Metals Focus.


E, no primeiro semestre de 2021, os custos das mineradoras diminuíram 5% (para US$ 10.63 por onça) em relação ao primeiro semestre de 2020 (figura 7) devido ao aumento dos by-product credits (receitas obtidas com os outros metais extraídos ao se extrair o metal primário; neste caso, a prata).  Estes custos são calculados pela métrica AISC (All-in Sustaining Costs), que inclui os custos de trabalho e materiais + custos de manutenção e de investimentos para cumprir as exigências regulatórias + custos de exploração + custos gerais e administrativos.


O maior preço da prata em 2021 significou que apenas 5% da curva de custos estava a operar acima do preço da prata (em 2020, 17% da curva de custos estava a operar acima do preço da prata):


Figura 7 – Custos das Mineradoras (1º Semestre de 2020 e 1º semestre de 2021)


AISC do 1º Semestre de 2020 (Linha Azul); AISC do 1º Semestre de 2021 (Linha Amarela); Preço da Prata no 1º Semestre de 2020 (Linha Azul Tracejada); Preço da Prata no 1º Semestre de 2021 (Linha Amarela Tracejada).

Fonte: Metals Focus.


Os by-product credits também devem aumentar no segundo semestre de 2021, continuando a diminuir os custos. Combinado a um maior preço da prata, isto deve assegurar boas margens de lucro para as principais mineradoras do metal. Já o on-site costs (que inclui os custos de mineração, de tratamento dos minérios, e custos gerais e administrativos do local de mineração) também têm aumentado, mas o preço da prata segue, desde o segundo trimestre de 2020, acima destes custos. Veja o gráfico seguinte (os valores estão em dólares americanos por onça):


Figura 8 – AISC e By-Product Credits das Mineradoras de Prata (1º Trimestre de 2012-2º Trimestre de 2021)


Preço da Prata (Linha Preta); On-site Cost (Linha Vermelha Tracejada); AISC (Barras Cinzas); Ouro (Barras em Azul Marinho); Zinco (Barras Roxas); Chumbo (Barras Vermelhas); Cobre (Barras Amarelas).

Fonte: Metals Focus.


A oferta global de prata em 2020 foi de cerca de 972 Moz (uma diminuição em relação aos 1023 Moz em 2019), com +11.5 Moz advindas de sucatas, +0.2 Moz do setor oficial de prata, -6.7 Moz de Producer Hedging (hedging, neste caso, refere-se a proteção dos produtores contra o aumento do preço da prata através de futuros: os produtores podem usar um contrato de futuro para vender a prata que está a ser produzida a um determinado preço no futuro, para evitar perdas advindas de um aumento do preço do metal) e -55.5 Moz das mineradoras:


Figura 9 – Oferta Global de Prata, em Moz (2020 em comparação a 2019)


Scrap (Sucata); Official Sector (Setor Oficial); Producer Hedging (Hedging dos Produtores); Mine Production (Produção das Mineradoras).

Fonte: Metals Focus.


A demanda global de prata em 2020 (892 Moz) também diminuiu em comparação a 2019 (993 Moz), com +16.5 Moz de demanda de investimento em prata física, -4.9 Moz do setor de fotografia, -28.1 Moz do setor industrial e -83.7 Moz do setor de joias e talheres:


Figura 10 – Demanda Global de Prata, em Moz (2020 em comparação a 2019)


Physical Investment (Investimento em Prata Física); Photography (Setor de Fotografia); Industrial (Setor Industrial); Jewelry & Silverware (Joias e Talheres).

Fonte: Metals Focus.


A demanda de prata pelo Setor Industrial, entretanto, aumentou em 2021, sendo o setor elétrico e de eletrónicos o mais significativo:


Figura 11 – Demanda de Prata pelo Setor Industrial, em Moz (2010-2021)


Setor Elétrico e de Eletrónicos (Barras em Azul Claro); Ligas para Brasagem (Barras em Azul Escuro); Outros (Barras Laranjas).

Fonte: Metals Focus.


O grande aumento das importações de Prata pela Índia em setembro e outubro de 2021 ajuda a explicar o recente aumento do preço da prata:


Figura 12 – Importações de Prata pela Índia, em Moz (Janeiro de 2020 - Outubro de 2021)


2020 (Barras Azuis); 2021 (Barras Amarelas); Média de 5 anos (Linha Azul).

Fonte: Metals Focus.


Estima-se que a demanda de prata pelo setor de joias e talheres tenha uma recuperação em 2021 (mas ainda abaixo dos níveis de 2019):


Figura 13 – Demanda de Prata pelo Setor de Joias e Talheres (2010-2021E)


2021E (Estimativa de 2021), Índia (Barras Azuis); Outros (Barras Verdes); Preço da Prata (Linha Azul); Eixo da Direita (Dólares Americanos por Onça); Eixo da Esquerda (Moz).

Fonte: Metals Focus.


O Investimento em barras e moedas de prata, por sua vez, possui estimativa de ter uma recuperação mais forte:


Figura 14 - Investimento em Barras e Moedas de Prata (2010-2021E)


2021E (Estimativa de 2021); Estados Unidos (Barras Laranjas); Índia (Barras Azuis); Outros (Barras Verdes); Preço da Prata (Linha Azul); Eixo da Direita (Dólares Americanos Por Onça); Eixo da Esquerda (Moz).

Fonte: Metals Focus.


A estimativa para a demanda global de prata em 2021 é de 1029 Moz (um aumento em comparação aos 892 Moz de 2020), com +63.6 Moz de demanda de investimento em prata física, +37.5 Moz do setor industrial, +34.8 Moz do setor de joias e talheres e +1.2 Moz do setor de fotografia:


Figura 15 – Demanda global de Prata (2020-2021E)


2021E (Estimativa de 2021); Physical Investment (Investimento em Prata Física); Industrial (Setor Industrial); Jewelry & Silverware (Joias e Talheres); Photography (Setor de Fotografia).

Fonte: Metals Focus.


E a oferta de prata em 2021 tem estimativa de aumentar para 1022 Moz (em comparação aos 972 Moz em 2020), com +48.9 Moz da produção das mineradoras, +9.9 Moz das sucatas, -0.2 Moz do setor oficial de prata e -8.5 Moz do Hedging dos produtores:


Figura 16 – Oferta Global de Prata (2020-2021E)


2021E (Estimativa de 2021); Mine Production (Produção das Mineradoras); Scrap (Sucata); Official Sector (Setor Oficial); Producer Hedging (Hedging dos Produtores).

Fonte: Metals Focus.


Com uma estimativa de demanda de prata em 2021 maior do que a oferta de prata, estima-se que o mercado de prata estrou em défice em 2021:


Figura 17 – Balança do Mercado de Prata (2010-2021E)


2021E (Estimativa de 2021); Balance (Balança – Surplus: Excedente ou Superávit; Deficit (Défice); Preço da Prata (Linha Azul); Eixo da Direita (Dólares Americanos por Onça); Eixo da Esquerda (Moz).

Fonte: Metals Focus.


O cenário macroeconómico, segundo o Metals Focus, continua a ser fundamental para o atual momento da prata e do ouro. A taxa anual de inflação de preços ao consumidor dos EUA (o CPI – Consumer Price Index), atingiu 6.2% em outubro, a maior desde 1990:


Figura 18 – Inflação de Preços ao Consumidor dos EUA (1990-2021)


Fonte: Metals Focus.


E as taxas de juro reais (taxa de juro nominal - inflação de preços) dos EUA e da Alemanha estão negativas. A figura seguinte mostra os juros do TIPS de anos (Treasury Inflation-Protected Security, que são os títulos de dívida federais dos EUA que pagam juros corrigidos pelo CPI) e do título de dívida de 10 anos do governo alemão que paga juros corrigidos pela taxa de inflação de preços ao consumidor da Alemanha [Nota: As taxas inflação de preços divulgadas pelos governos são, em geral, no mínimo, um pouco mais baixas do que a inflação de preços que é realmente sentida pelos indivíduos. Portanto, estas taxas de juro reais são, no mínimo, um pouco menores, e, nestes casos, mais negativas]:


Figura 19 – Taxas de Juro Reais dos EUA e da Alemanha (2016-2021)


TIPS de 10 anos (Linha Branca); Título de Dívida de 10 Anos do Governo da Alemanha Corrigido pela Inflação de Preços (Linha Azul).

Fonte: Metals Focus.


Diminuições das taxas de juro reais costumam ser acompanhadas de aumento dos preços da prata (figura 20) e do ouro (figura 21):


Figura 20 – TIPS e Preço da Prata (2018-2021)


TIPS de 10 Anos (Linha Vermelha, Eixo da Esquerda); Preço da Onça de Prata em Dólares Americanos (Linha Cinza, Eixo da Direita).

Fonte: St. Louis Fed – Elaboração Própria.


Figura 21 – TIPS e Preço do Ouro (2018-2021)


TIPS de 10 Anos (Linha Vermelha, Eixo da Esquerda); Preço da Onça de Ouro em Dólares Americanos (Linha Amarela, Eixo da Direita).

Fonte: St. Louis Fed – Elaboração Própria.


Por fim, o Metals Focus expõe suas estimativas (de novembro de 2021 a dezembro de 2022) para os preços do ouro (figura 22) e da prata (figura 23):


Figura 22 – Estimativa do Preço do Ouro (Novembro de 2021 – Dezembro de 2022)


Preço Spot da Onça de Ouro/Média da Estimativa em Dólares Americanos (Linha Amarela); Estimativa Máxima (Linha Vermelha Tracejada); Estimativa Mínima (Linha Azul Tracejada).

Fonte: Metals Focus.


Figura 23 - Estimativa do Preço da Prata (Novembro de 2021 – Dezembro de 2022)


Preço Spot da Onça de Prata/Média da Estimativa em Dólares Americanos (Linha Azul); Estimativa Máxima (Linha Vermelha Tracejada); Estimativa Mínima (Linha Azul Tracejada).

Fonte: Metals Focus.

 

AVISO: O Metals Focus não pode assegurar a precisão das estimativas apresentadas nestes gráficos. Estas informações e análises têm propósitos educacionais e informativos apenas.

 


André Marques